terça-feira, 6 de março de 2012

Diário do Pedro - Agora ele quer uma calopsita !

Foi quase um amor a primeira vista quando ele viu o "neymar" na casa do vovó Cal !

No começo ele só olhava e repetia o nome, e logo depois o que ele queria mesmo era pegar o "neymar". Eu, na minha neurose de mãe achei que o bicho iria beliscar ele, sei lá, achei que o Pedro ficaria com medo de pegar, mas que nada, ele até que estranhou as patinhas, mas no fim das contas ele adorou a calopsita, e não fala em outra coisa quando chega na casa da vovó Cal... Ele ainda não tá podendo ter nenhum bichinho, mas eu prometi que assim que ele melhorar eu compro uma pra ele, ai na mesma hora ele disse: "- mamãe, pesenti "  traduzindo, ele estava me dizendo que era um presente !!!! Tudo pra me convencer a levar o bichinho pra casa... mas ainda não, pelo menos por enquanto...

Mas com essa carinha.... fica tão dificil dizer não ...




Acho que no fim do tratamento teremos que ter um zoologico porque só assim vou dar todos os bichinhos que Pedro tem pedido de "pesenti" ... Ai ai, esse é o meu filho !

4 comentários:

Futura mãmã disse...

ELe gosta muito de bichinhos e ja vi que esse bichinho e adorado por muitas crianças =)
bjinho

Patricia disse...

Ahhh, que lindo...sabe periquitinhos, calopsitas, elas são muito carinhosas...quando adolescente eu tinha uma chamada Tica...até hoje tenho a foto dela no meu quarto num dos porta-retratos... ela andava livre pela casa...me beijava(eles passam a linguinha no rosto da gente, faz cosquinha)...dão muito amor...Pedrinho vai ficar muito feliz quando ganhar a dele...

EU AMO O KAUÃ.DOE MEDULA OSSEA. disse...

oi julia,sou a mamãe do kauã,não sei se vc vai lembrar de mim e do kauã ;há +ou- 3 meses a minha mãe tbm deu uma calopsita para o kauã ele ama esse bichinho,ele chama ela de calopiquita.achei que com esse bichinho ele ficou menos irritado e se distrai bastante.Foi um ótimo presente ,pois ele sempre pedia um bichinho que nunca podia ter...

Ana Lopes disse...

Fica-lhe muito bem :) E se o faz sorrir, será difícil de não dar, não é? Abraço apertadinho