segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Aprendendo...

É apenas isso que posso fazer, aprender.
Hoje, Pedro nos deu um susto, amanheceu com um febrão.
Correndo, arrumei a bolsa, o Pedro, e um carro pra nos levar, pedi ao vizinho que rapidamente nos ajudou, e conseguimos chegar no hospital em menos de 1 hora. Pedro estava com 38,7 °de febre.
O Artur ficou com a vó, enquanto eu ia pro hospital com o Pedro. O amigo Felipe, o vizinho, nos levou lá e voltou pra casa, eu já imaginava que ficaríamos internados, pois febre é sinal de infecção...
Consegui avisar ao Vando e ele foi pra lá, minha mãe também estava á caminho, e eu e Pedrinho ficamos lá, nós dois e mais ninguém.
15 minutos depois de brincar comigo e perceber que não tinha ninguém por perto, só a gente, a febre do Pedro estava em 37,3° . Mesmo assim ele fez exames de sangue, urina e raio-x . Mais alguns minutos depois e Pedro estava sem febre nenhuma!
Os exames saíram e... NADA, Pedro estava ótimos, nada no sangue, só uma leve alteração no exame de urina, mas nada que pudesse causar tanta febre.
Diagnóstico; Mãe, a senhora não acha que isso pode ser emocional ?
Meu coração doeu.
Percebendo a atitude do Pedro e tudo que tem acontecido nos últimos dias, acho que foi muita coisa pra ele. Realmente isso poderia ser emocional.
Não sei mesmo como mudar isso, me desdobro em mil pra conseguir dar conta de tudo, pro Pedro não achar que ele está ficando de lado por causa do irmão, peço pra ele me ajudar nas coisas em casa e até com o Artur, mas não sei aonde estou deixando furo pra que isso tenha acontecido.
Não sou perfeita, e estou longe de ser, mas tenho feito de tudo pra evitar qualquer tipo de comparação entre os dois, ou até aquelas brincadeiras do tipo: "oh seu irmão vai fazer primeiro" , só pra que ele faça, eu não deixo que falem isso... mas mesmo assim ele sentiu, e sentiu muito.
O Artur se alimenta exclusivamente de leite materno, não tive isso com o Pedro, como todas as mulheres da minha família, não consegui amamentar meu primeiro filho, tentei muito, mas não consegui ter leite. E agora que tenho, não quero o Artur receba outro leite a não ser o meu, então a cada 2 horas ele mama, acho que toda vez que o Pedro vê o irmão mamando ele acha que eu estou com ele apenas no colo, enquanto ele não pode ficar ainda. Já expliquei pra ele que é desse jeito que o irmão se alimenta pra crescer e ficar forte como ele, mas é nitido o semblante de decepção do Pedro quando me pede colo enquanto eu estou alimentando o Artur.
Ontem a noite ele me pediu pra dormir comigo, eu estava amamentando, pedi pra ele esperar um pouco e quando olhei ele já estava dormindo. Me senti uma porcaria de mãe, tenha a sensação de que estou falhando gravemente com o Pedro e o Artur, porque eu não acho que estou conseguindo ser boa para os dois.
Tô tentando, juro que estou, mas tá dificil.
O Pedro fica preso dentro de casa,não pode sair pro quintal, e acho que ele tá se sentindo muito invadido.
Estamos tentando melhorar, buscar soluções, tentar mudar como estamos lidando com isso. Ainda não sei como proceder, se eu começo a fazer as coisas separadas com o Pedro ou se tento fazer com os dois juntos. Não sei mesmo. Peço a Deus sabedoria pra lidar com tantas mudanças, tantas coisas.
Estou fisicamente muito cansada, mas emocionalmente ainda mais... é muita coisa acontecendo e parece que eu não estou conseguindo acompanhar.
Não preciso de ninguém pra me dizer isso, o que eu sinto já me puni de tudo.
Eu preciso saber como fazer.
Porque a única coisa que eu temia acontecer, aconteceu. Pedro tá se sentindo esquecido, e a culpa é minha.

Amanhã, vamos ir pra São Paulo, os 4, vai ser a primeira viagem em familia. Vamos participar do Programa da Tarde, com a Ana Hickmann e o Britto Jr. na quarta-feira ao vivo.
Quero muito que o Pedro se sinta melhor, e espero que ser o "centro das atenções" ajude nisso... pelo menos por enquanto, porque eu sei que o resto depende de mim.

Hoje, deitadinho no colo do pai, ele disse que não me queria perto dele, que tava triste, só queria dormir e chorar. Eu não posso deixar meu filho se sentir assim.
Não sei em que tenho que mudar, mas sei que tenho que mudar alguma coisa.
Preciso de muita calma e sabedoria pra lidar com tudo isso.

Meu Deus, me ensina a cuidar da minha familia!

46 comentários:

Anaí disse...

Boa Noite minha Querida! Imagino o quanto seu coração está apertadinho. Confia em Deus, ele irá lhe auxiliar nessa hora. Pedrinho está se sentindo de lado, por que está sentindo que seu espaço foi invadido, que a sua atenção agora é divida, isso é normal. Não se sinta culpada, também tenho dois filhos e senti isso com eles. Posso garantir vai passar. Acompanho a luta de vocês, sei da mãe guerreira que é, da atenção e amor que tem pelo seu filho e Deus sabe disso, Tenha fé, não se culpe.
Bjss


Anaí

Binas Artes disse...

Julia minha linda. Eu tenho 3 filhos e desde que o segundo nasceu que eu falo para todos da família. A atenção tem que ser pro mais velho, ele tem que ser o mais lindo , o mais esperto , o mais inteligente o mais tudo. Quando chegar visita, deixar bem claro que foram ver o mais velho e sempre elogiei o mais velho em todos os sentidos.Pq o bebê ainda não entende esses tipos de elogios.O amor que vc tem hj para dar ao bebê que é o mais importante pra ele , são os cuidados e amamentar já é uma troca enorme de carinho e amor entre mãe e filho. Estou falando isso para tentar ajudar até pq eu acho que você é uma mãe que poucas mulheres conseguem ser. Julia vc é maravilhosa , super dedicada e uma Guerreira. Eu entendo que o nosso coração fica partido. Eu chorava muito quando o meu terceiro filho nasceu e o segundo só tinha 1 ano e 9 meses . Ele não entendia nada coitadinho. Ai eu resolvi que só iria punir a mim. Então na hora de fazer o menor dormir eu demorava muito tempo. Pq não tinha coragem de pedir pro outro tão pequeno que ficasse em silêncio. E procurei deixar o pequenininho ou no bebê conforto ou no carrinho, sempre perto de nós , mas dessa forma eu estava sempre desenhando ou brincando ou vendo tv com o outro. Meu coração partiu muitas vezes pelos 3 afinal eu sou uma mamãe para 3 filhos! Se precisar de alguma ajuda é só me falar ! Beijos e parabéns por ser essa mamãe que você é!

Amandinha Felix disse...

Júlia... não imagino o quanto esteja sendo difícil pra vc, pois não tenho filhos, mas passei por isso quando minha irmã nasceu. Eu tinha 7 anos e fiquei com um sério problema de intestino, tive que fazer mtos tratamentos, mas superei isso e sei que é só uma fase, e o Pedro logo vai entender que você ama os 2 da mesma forma...
Talvez, se vc ainda não esteja se sentindo capaz de cuidar e dar atenção para os 2, vc não é a única... Mtas mães passa pelo mesmo que você e não é pq o Pedro passou por tantos obstáculos que seria diferente com ele...
Estou SEMPRE orando por vocês e sei que tudo vai dar certo na vida dessa família tão abençoada...
Beijoss

Carinzinha disse...

Julia, querida

O Pedro é uma criança absolutamente normal, por isso está sentindo ciúmes pela atenção que o Arthur exige. É uma fase, e não fique se culpando, pois os dois precisam ser educados juntos, com a família unida, e não pense que o Arthur não terá ciúmes também, pois todos têm.

Que bom que você está conseguindo amamentar o Arthur, isso é muito bom. Por que você não conta essa história para o Pedro, de que agora você consegue produzir leite para o Arthur se alimentar, e que com isso, você não precisa gastar tempo que tem para ele (Pedro), ao preparar mamadeiras, por exemplo. Dê um pouquinho do seu leite para o Pedrinho experimentar, quem sabe assim ele entenda que o alimento do irmãozinho é bem diferente e que só um bebê é que pode gostar disso.
Mas e se o Pedro gostar e pedir para mamar também? Será que é possível o Pedro ter uma pequena parte desse laticínio materno? Desculpe-me a brincadeira, mas seja um caso ou outro, ou até mesmo um terceiro só criado pelo Pedrinho, o importante é que você está fazendo tudo certo. Ter um filho exige muito dos pais, ter dois exige dos pais e dos irmãos, e a cada novo membro que integra a família, maiores são as diferenças dificuldades.

E sempre que você explicar algo sobre o Arthur para o Pedro, lembre-o de que seu cordão umbilical foi guardado e em breve esse sanguinho do irmãozinho vai deixá-lo forte, cheio de saúde para poder brincar muito do jeito que tiver vontade. É isso o que eu penso e acredito.

Grande beijo

C@rin

cristiana disse...

oi boa noite tenho um filho que tamben se chama pedro ele tem 1 ano e 3 meses as vezes me coloco no lugar de vocês eu acho que eu não aguentaria não sinto pena mais sim muita adimiração feliz do pedrinho de ter uns pais assim ,depois que vi ele no programa da ana hickimann peço a deus todos os dias por ele acredite deus dará vitória.moro muito longe mais cada dia que vejo as noticias pelo facebook,vibro e as vezes choro..fikem com deus e lembren-se jesus vos ama..

Lane Demenjour disse...

Querida, não se culpe por estes fatos, todos sabemos e inclusive Deus que vc está se desdobrando para proporcionar o melhor para o Pedro, td que está acontecendo na vida de vcs é muito novo e tras certa dificuldade de adaptação, com agente adulto é assim, imagine c as crianças. Logo logo o Pedro vai se adaptar a essa nova rotina e saber li dar com ela.Tudo que é novo tras estranheza, procure nos momentos em que o Arthur estiver dormindo trazer o Pedro p mais perto, se faz importante traze-lo mais sempre mostrando que há espaço p os dois.
Sugiro que ao amamentar se apoie em lugar confortavel e deite a cabecinha do Pedro em sua perna, assim ele sentirá que tb há espaço p ele.
Quanto a vc, tenho certeza que deus está orgulhoso, vc é guerreira, leoa não é toda mulher que aguenta o rojão emocional e fisico que vc está aguentando, muitas teriam desistido. Sou Assistente Social trabalhei na pediatria de um grande hospital de emergência, e vi muitas mães desistindo da luta por seus filhos.
Então minha querida, erga a cabeça pela mulher valorosa que é, deus vai te honrar e em breve verás a recompensa por tamanho esforço.
É o que desejamos eu Elaine Demenjour e o Nicolas ainda no meu ventre.

Melina disse...

Ô meu Deus, não fica pensando isso não Júlia, essas coisas acontecem mesmo e não é culpa sua. Vc é uma mãe maravilhosa, todos sabem disso, inclusive o Pedro, não tenho experiências com essas coisas, nem filho eu tenho, mais sei, e posso afirmar que nada disso é sua culpa o Pedro vai sentir um pouquinho sim, afinal de contas ele sempre foi (até mesmo por causa da doença) o centro das atenções, mais isso passa, ele vai se acostumar. Não se culpe não, continue sendo essa mãezona que vc é e com um tempo udo de ajeitará. Fiquem com Deus!!

Emile Zanatto disse...

Querida mamãe, não se deixe perturbar sua alma, por isso, se ajuda tenho três filhos e sempre enfrentei estas situação, e o melhor é saber que faz parte do crescimento deles, não pense que esta fazendo errado ou mal, o Pedro não será o centro das atenções sempre, ele sabe o quanto você o ama e vai usar disso para conseguir o que quer, não somos Deus e não podemos dar tudo e estar junto sempre, então pense que esta construindo o caráter de seu filho, e da melhor maneira, ensinando-o que a tempo pra todos as coisas e que o irmãozinho agora necessita de mais cuidados, você não o tem negligenciado, veja isso como um bom ensinamento

Toda Mulher Gosta de Rosa disse...

Calma menina!
A culpa não é sua, é assim mesmo... tenho um bebê de 02 anos e outro de 10, rsrs, os dois são meus bebês e é difícil mesmo dividir as atenções, o mais velho sempre acha que o mais novo tem mais atenção e tem mesmo, porque precisa de cuidados especiais, é normal e toda mãe sente-se culpada sempre, ou por negligenciar a casa, ou os filhos, ou o marido, ou a família, enfim, mãe já nasce com culpa.
Mas relaxe, é uma fase e tudo vai passar, ambos são bençãos e um veio para completar a vida do outro, tudo vai se ajeitar, pois Deus está no controle.
Descanse no senhor. Vou continuar orando pela sua vida e de sua família.
Tenha bom ânimo e o Senhor te ajudará.
Acalma seu coração vai dar tudo certo!!!

Dany Santos ( Exclusividade de beleza ) disse...

Júlia vc não foi vc é uma grande mãe! Esse é momento de mudança e adptações, logo você ira retomar o rumo das coisas e tudo vai se encaixar na sua familia, certamente Deus que nunca te abandonou te ajudará nas escolhas.
Sou mãe e sei não nada fácil. Mas você alcançará vítoria certamente.
Abraços
exclusividadeebeleza.blogspot.com/

Camila disse...

Querida Júlia, que a paz de cristo esteja com vocês.Vamos lá, eu passei por isso com minha segunda filha, quando o meu primeiro só tinha 1 ano e meio,ele morria de ciúmes e eu tb me senti assim como você.Meu primeiro filho foi embora esta com o Deus,então não fica assim, agradeça a Deus pela oportunidade que ele te deu, e você é capaz de cuidar dos dois sim,e você não esta fazendo mal ao seu filho.Sempre que estiver com o arthur converse com o pedro faça carinho nele,faça ele entender que tem um irmãozinho,e que eles um dia vão fazer companhia um pro outro.Mas não se sinta culpada,por favor,não faça isso com vc.Um beijo e um abraço enorme.Que Deus abençoe vcs.

KARIMY disse...

Calma querida isso passa e so uma fase sei que voce e uma boa mãe por favor não se culpa vai com calma o tempo que vc tiver um pouco livre brinca so com ele fala que o ama. no final tudo da certo bjs

Luciane CAmorim disse...

Ei mae do Pedro! Lí a sua publicaçao e fiquei muito emocionada, vc já tentou amamentar o Artur sentada na cama com as pernas esticadas em cima da cama e colocar o Pedro deitado na sua perna? Pode ser que funcione...Estou muito sentida com isso tudo, nao tenho filhos, e tbm nao conheço vcs pessoalmente, mas sinto um carinho muito grande e desejo de todo meu coração que toda a sua luta e a do Pedro tenha um grande final Feliz!

- Anine Pinheiro - disse...

Ju, não se sinta culpada, pq vc tá fazendo o seu melhor e o Pedro precisa de uma mãe sem culpas que passe segurança pra ele. Claro que eu acho q vc tem direito a pensar assim e se sentir cansada e sobrecarregada, mas pense, reflita e siga a diante! Vc é batalhadora, uma mãezona e o Pedro vai se orgulhar muito disso td, mas agora ele é só um bb que age como qqr outro. Beijo e fica bem! Que Deus continue te abençoando e derrame sobre sua vida o refrigério do Espírito Santo.

Beijão

Cínthia Nascimento Coelho-Fize disse...

Oi mamae!

A minha mae passou pela mesma situaçao que a tua. Depois que a minha irma mais nova nasceu, fiquei "rebelde". Eu tinha 7 anos, na época. Chorava de ciumes, queria mamar tambem, nao dividia meus brinquedos com a minha irma, dava beliscoes na pobrezinha e morria de rir. Um horror! Minha mae, nao sabia mais oq fazer.

Até q chegou o dia q ela precisou voltar a trabalhar. Minha irma tinha sete meses. Minha mae nao tinha opçao. No periodo da tarde, minha irma ficaria sob os meus cuidados até a hora dela voltar pra casa.

E foi aprendendo a cuidar dela que foi me aproximando da minha irma. Começamos a brincar juntas, sempre incentivadas pelos meus pais. Aprendi a dividir minhas bonecas com ela. Protegia minha irma na rua. Comecei a desenvolver um outro tipo de relaçao com ela. Hoje, sou apaixonada pela minha irma, à tal ponto de chama-la de "filha" nas muitas conversas que temos hj.

Artur e Pedro, por serem irmaos, precisam estar juntos, dividir as coisas, brincar juntos. Pedro, por ser o irmao mais velho, tem que ser incentivado a dividir o seu espaço com o mais novo, a ajudar vc nas atividades com o bebe (eu adorava ver minha mae dar banho na minha irma e qdo ela amamentava, ela me chamava pra ficar perto dela).

Concordo q para o Pedro, a chegada do irmao é uma revoluçao. Mas, com o tempo, as coisas tendem a se acalmar. Peça ao Pedro pra participar da vida do seu irmaozinho, pra te ajudar na hora de trocar frauda, ou de dar o banho no bebê. Pedro vai se sentir confiante na funçao de irmao mais velho. Comigo foi exatamente assim.

Beijos super mae!

***Coisinhas da Cri'S*** disse...

Acompanho o seu blog a algum tempo...e tmb acompanhava pelo face...ai perdi o contato com vc..ñ estou cobrando,só uma constatação heheh não sei se excluiu,deixou apenas p amigos reais,mas te confesso que adorava ler as peripécias do Pedro,assim ao longo do dia...o carinha ta sempre aprontando, como toda a criança.
Amanha se der vou ver vcs no programa da Ana e do Brito,mas amiga,me permita chama-la assim...
sou mãe,sou avó e sou professora de pequenos,então falo com exeperiencia...
amiga,toda a mãe falha...sempre,mesmo quando tentamos acertar,ERRAMOS...somos humanas e faz parte,o Pedrão sempre foi o centro das atenções,isso é normal,pois é uma criança esperta e muito inteligente,era filho unico,com a doença ainda mais a gente enche de cuidados(isso tmb é normal),a gente (mae,pai e familia)queremos proteger,são nosso amor maior passando por coisas que dariamos a vida para que eles nunca passassem...tirando a doença que hoje ele heroicamente ele esta vencendo, é uma criança normal e o ciume e essas frases QUE NÃO TE QUER,QUE QUER SÓ O PAI,QUE TÁ BRAVO... coisas que nós mães qndo ouvimos parece que perdemos pedacinhos de nossos corações e nos fazem sofrer(ainda mais qndo fragilizados pelo parto,pela angustia de uma nova vida depender de nós,da duvida se poderia ser compativel para doar a medula e trazer a saude ao irmão...fora muitas outras perguntas e duvidas que temos qndo ganhamos um novo filho)esse tipo de reação do Pedrão é normal,mesmo que ele não saiba que esta "jogando muito sujo"(heheh) pois nos ataca bem no fundinho do seu coração..esta apenas sem entender,mesmo que ame o irmão de paixão,é a frustação dele que esta mostrando e isso é bom,pois ele vai aprender a dividir(isso nessa idade é muito dificil)e dividir a mãe, ter que esperar,para ele que sempre teve suas necessidades sempre prontamente atendidas é a forma que ele ta te mostrando que não ta contente com a situação.
o grande problema é que ele pode ter febre e outras reações que para o Pedro é preocupante,ja que febre remete a outras coisas pela situação....
o que vou lhe dizer,sei que é impossivel,
não se cobre tanto...
Com o passar do tempo ele irá entender,mas se vc poder procurar ajuda de uma pessoa especializada em como lidar nessas situações com o Pedro e o Arthur para que ele entenda e vc possa ficar mais tranquila para que possa alimentar o Arthur com o leite materno,sem ansiedade e cobranças da sua parte...se o Pedrão não estivesse passando por essa delicada situação eu lhe diria que: tranquilo, que vc não se preocupasse,mas como o Pedrão tem que estar 1000 para a doação é sempre bom a ajuda de alguem que entenda melhor para lhe ajudar,mas em outra situação as frustações farão parte da vida de todos,compartilhar e dividir faz parte...
Não se cobre,aproveite e siga sendo sempre a mãe do Pedro e agora do Arthur com todos os acertos e erros de todas as mães.
Um bjo carinhoso e FCD
Cris

vida disse...

eu não sei nem o que falar é difícil sim mais sei que vc vai passar vc é por mais essa prova .vc é guerreira e muito forte .tb tenho filhos e um sempre fica querendo mais atenção que o outro e náo mae ficamos mal quando não conseguimos ser suficiente
ou ao menos pensar que não estar sendo. fica tranquila que essa fase vai passar .fica com Deus

Roberta Cabral disse...

Você sabe como cuidar da sua familia, não se culpe por nada, o melhor você está fazendo, vocês passaram por muitas situações que mexeram com o emocional de vocês..
Isso é fase, vai passar, continue sendo essa excelente mãe e guerreira...

Fernanda Cordeiro disse...

Julia querida, tenha calma e paciência, com o tempo o Pedrinho vai se acostumar, isso tudo é novo pra ele, e pra vcs...e toda mudança seja ela qual for, exige tempo para adaptação...estarei orando por vcs, como faço todos os dias, e espero que tudo corra muito bem, e tenha certeza que Deus olha por vocês, e está cuidando de cada detalhe... Deus abençooe! Abração, Fernanda Cordeiro

Miriam disse...

Julia, vc esta vivendo algo MAIS do que normal!!! Nao se culpe!!! Isso eh super natural e acontece em praticamente todas as familias, principalmente quando a diferenca de idade entre os filhos eh pequena! Conheco um caso em que a mae teve o segundo filho quando o primeiro ja tinha 5 anos, e mesmo assim, o filho mais velho comecou a regredir!!! Infelizmente o Pedro ainda nao pode compreender muita coisa e ele acaba sofrendo, mas acredite, tudo isso passa!!! E tenho certeza, mesmo sem te conhecer, que vc tem feito o MELHOR por ele!!!! Quer maior prova de amor que ter dado a luz ao Arthur??? Tudo isso vc tem feito pelo Pedro e no tempo certo ele compreendera e te agradecera imensamente!!! Tenha paciencia, querida!!! Deus eh contigo!!! Continue sendo essa mulher forte e corajosa!!! Que o Senhor Jesus te abencoe e te fortaleca cada dia mais!!!

Miriam disse...

Julia, vc esta vivendo algo MAIS do que normal!!! Nao se culpe!!! Isso eh super natural e acontece em praticamente todas as familias, principalmente quando a diferenca de idade entre os filhos eh pequena! Conheco um caso em que a mae teve o segundo filho quando o primeiro ja tinha 5 anos, e mesmo assim, o filho mais velho comecou a regredir!!! Infelizmente o Pedro ainda nao pode compreender muita coisa e ele acaba sofrendo, mas acredite, tudo isso passa!!! E tenho certeza, mesmo sem te conhecer, que vc tem feito o MELHOR por ele!!!! Quer maior prova de amor que ter dado a luz ao Arthur??? Tudo isso vc tem feito pelo Pedro e no tempo certo ele compreendera e te agradecera imensamente!!! Tenha paciencia, querida!!! Deus eh contigo!!! Continue sendo essa mulher forte e corajosa!!! Que o Senhor Jesus te abencoe e te fortaleca cada dia mais!!!

Miriam disse...

Julia, vc esta vivendo uma situacao MAIS do que NORMAL!!! Portanto, nao se culpe!!! Isso acontece praticamente em todas as familias, especialmente qdo a diferencia de idade entre os filhos eh pequena! Conheco um caso em que a mae teve o segundo filho qdo o primeiro ja tinha 5 anos e, mesmo assim, o irmao mais velho regrediu com a chegada do irmaozinho! Infelizmente o Pedro ainda nao pode entender muita coisa e por isso, ele acaba sofrendo! Mas tenho certeza, mesmo sem te conhecer, que vc tem feito o MELHOR por ele e para ele!!! Quer maior prova de amor do que o nascimento do Artur? Acredite, tudo isso vai passar e no tempo certo o Pedro compreendera e te agradecera imensamente!!! Tenha paciencia, querida!!! Deus eh contigo!!! Continue sendo essa mulher forte e corajosa!!! Que o Senhor Jesus te abencoe e te fortaleca cada dia mais!!!

travain disse...

querida júlia tenha certeza de que essa nova face de sua vida está muito difícil,mas tenha fé e paciência que aos poucos tudo chega ao seu devido lugar,não se sinta culpada de nada pois sei que você está dando o melhor de si para seus filhos no começo parece que não vamos dar conta do recado mas Deus ajuda as coisas se encaixarem em seus devidos lugares,ter dois filhos pequenos não é fácil nós estamos sempre muito sobrecarregadas tanto fisicamente como psicologicamente sentimos uma responsabilidade muito grande e nos cobramos todos os dias por isso mas como diz um velho ditado ser mãe é padecer no paraíso então tenha força que você vai vencer essa dificuldade com seus filhos Deus nos dá a cruz no peso e tamanho certo que sabe que nós vamos suportar carregar,tenho certeza que você está sendo uma ótima mãe e quando tudo passar pedrinho vai entender a razão de tudo e ficar muito feliz e orgulhoso de ter uma família tão maravilhosa que lutou tanto pela sua vida,tudo passa basta sabermos esperar o nosso momento de vitória,grande abraço e saiba que você é um exemplo de garra e superação fique em paz e continue sendo essa mãe tão especial::) *-----*

Angélica Pereiiraa disse...

Não se culpe, você é uma das melhores mães do mundo, por vários motivos e varias razões.
Você tem uma família maravilhosa, e tudo esta dando certo.
Deus vai continuar abençoando vocês, e pode ter certeza que desde agora e para todo o sempre vocês serão muito felizes.
O ciúme do Pedrinho é normal, e ele sabe que você e o pai dele são tudo pra ele e que vocês nunca vão abandona-lo. Fique tranquila, vai dar tudo certo, porque você é uma mãe exemplar, maravilhosa.

Angélica Pereiiraa disse...

Não se culpe, você é uma das melhores mães do mundo, por vários motivos e varias razões.
Você tem uma família maravilhosa, e tudo esta dando certo.
Deus vai continuar abençoando vocês, e pode ter certeza que desde agora e para todo o sempre vocês serão muito felizes.
O ciúme do Pedrinho é normal, e ele sabe que você e o pai dele são tudo pra ele e que vocês nunca vão abandona-lo. Fique tranquila, vai dar tudo certo, porque você é uma mãe exemplar, maravilhosa.

Kéca disse...

mamãe Deus está com vc estou vendo sua historia agora no programa vc é mais que vencedora... beijoss

bruna nomnero disse...

Mãezinha guerreira, que Deus te abençoe!!!! Júlia, eu não tenho a mínima idéia de como você se sente mas, creia que você é guerreira, e que Deus te capacita! Estarei orando por você e sua família, e eu acredito que Deus está e estará cuidando de vocês a cada dia! Força minha querida!

odair... disse...

força pedrinho, isso é moleza pra vc tenho certeza, estamos na torcida!

Gabriela Bozzolo disse...

Oi Querida imagina vc não tem culpa de nada é uma mãe maravilhosa, tenho certeza q Deus já esta te dando sabedoria pra cuidar dos dois...
Eu não tenho dois filhos ainda...o Meu filho teve cancer neuroblastoma descobrimos com 1 ano e 9 meses...e hj ele é um milagre de Deus...resumindo passou por 8 sessões de quimeo trasnplante de medula autologo e radio...hj está com 4 anos indo pra escola...e o q ajudou muito durante o tratamento...nos exames q ele tinha q fazer amarrado...e forçado o q foi ajudando foi muita conversa mesmo as vezes eu achando q ele não estava entendendo conversava explicava em uma linguagem q ele pudesse entender...e aos poucos foi funcionando...
Converse com O Pedro fala pra ele q seu irmão é pequenininho por isso precisa de muitos cuidados...mas q não é por que vc o pega mais no colo q vc o ama mais q ao Pedro e sim porque ele ainda não sabe andar...chama ele pra juntinho de vc explica mesmo q pareça q ele não está entendendo...eu orava tbm muito pra q Deus abrisse o entendimento do meu filho...Jesus ouve nossas orações...não se culpe...bjos Deus os abençoe e q o transplante seja um sucesso!!!

Gabi

Tania .. disse...

Minha linda não fique assim,tudo vai aos poucos se encaixando,continue assim vc é uma vencedora uma guerreira,uma super mãe o Pedrinho vai acabar entendendo as coisas ele é uma criança.Não sofra, pois vc é MARAVILHOSA!E estamos rezando e torcendo para q tudo de certo pra vcs. Fique com DEUS!!bjss

Sarah Bogus disse...

Oi, Júlia... Gosto de ler seu blog e ver suas dúvidas colocadas tão corajosamente. Olha só, sou terapeuta (Fonoaudióloga) especializada em crianças da idade do Pedro, e tenho que te dizer que isso que você está vivendo é normal. O Arthur exige atenção, por que depende de você para tudo. E o irmão mais velho, que antes era o centro das atenções (até por que sua saúde exigia) agora está sentindo falta disso. Normal. Você não está fazendo nada errado. Continue explicando sempre as coisas pro Pedro. Ele não vai entender muito, mas só o fato de você gastar saliva explicando para ele significa a atenção que ele quer. E comece a incentivar a indenpendência dele, elogiando bastante quando ele fizer as coisinhas dele sozinho. Faça-o sentir-se importante. Reforce o papel bacana de irmão mais velho que ele logo vai ter. Diga que o Arthur quando puder vai colar na aba dele, e ele será como um herói. Não há mágica. Ele vai sentir ciumes. O truque é despertar um pouco a vontade de ser independente de vc, que até hoje não acontece. No caso dele eu entendo que seja mais difícil, você tem que ficar atenta mesmo. Mas procure fazer isso de longe. Sem que ele perceba que ainda precisa de você. Assim ele vai se acostumar com a nova dinâmica da casa. Do mais fico imensamente feliz que Arthur seja compatível com o irmão, e espero que o blog vire a casa dos espuletinhas muito em breve. Continue nos atualizando das dores e delícias de ser mãe, que este é o grande barato do seu blog.

Ru disse...

Querida,
Não tenho nem o que dizer sobre a sua luta. Eu, realmente desejo que Deus a abençoe e abençoe a sua família com saúde e alegria.

Mas, resolvi escrever por causa de uma outra questão, li sua postagem sobre como você está se sentindo mal tentando ser uma boa mãe para o Pedro e o Arthur. olha, também tenho dois filhos, os meus dois se ama e se detestam... mas, eu luto para que os dois se amem e sejam homens de Deus.

Acho que você está indo muito bem. minha única sugestão é que você tenha um tempo só com o Pedro. Isso é muito difícil com o Arthur tão pequeno, mas com o tempo, você vai conseguindo.

Quando o Arthur crescer faça a mesma coisa com ele. É importante um tempo só de vocês.

Nas demais coisas, vejo que você vai muito bem. O Pedro participa, ele sente, mas vê o seu amor por ele e será uma pessoa melhor.

Abraços com carinho

Rutinha

Lilian Pereira Lima disse...

meu nome é Lilian e conheci a essa historia de fé amor vc é mulher de coragem é o Pedro é vitorioso que Deus abençoe sua familia

maria cardoso disse...

Força vc é uma guerreira e vai conseguir e osue filhinho já está curado com as graças de Deus

maria cardoso disse...

Força vc é uma guerreira e vai conseguir e osue filhinho já está curado com as graças de Deus

Elaine Bevenuto disse...

Oi meu nome é Elaine tenho 2 filhos e estou te escrevendo porque vi a sua historia no programa da tarde eu me emocionei muito.
Quero tambem te dizer que o Artur é um presente de Deus e veio tambem pra salvar a vida do irmao.
Desejo a voce e sua familia toda felicidade do mundo nessa nova faze da sua vida.
Vou estar orando por todos voces ai um grande abraço.... bjssss fiquem com Deus

Pri :} disse...

Olá ..
Não sei muito bem o que dizer, eu to aqui aos prantos ..
Bom, vou lhe contar o que estava contando à Deus ..
A dias eu ando me sentindo distante de papai do céu ; ando me sentindo vazia. Deito e digo : obg por hj Senhor, me desculpa, mas amanhã conversamos.
Eu não sei o que anda acontecendo, mas eu sinto algo me puxando pra longe de Deus.
Hoje, sentada na sala, passando os canais, dei de cara com a história da criança mais linda que já vi .. a história de seu filho. Imediatamente entrei no blog e comecei a ler momento por momento dessa trajetória tão longa e dura. Chorei muito enquanto você descrevia as reações do Pedro, as dores que ele sentia .. tão pequenino, tão corajoso, tão forte, tão incrível
Olhei uma foto de sua família, olhei fixamente pro rosto da mamãe do Pedro, me coloquei na sua pele .. olha, eu não sou mãe não, eu sou muito novinha pra isso .. mas olhei pra sua foto e meu coração se encheu de algo que eu não sei nem ao menos o que é, só sei o que ando pensando : você é LINDA, incrivelmente LINDA ; a sua fé fez com que eu sentasse, abaixasse a cabeça e pedisse perdão a Deus por ter me afastado ..
A sua família é linda, você é linda, seu marido é fantástico, seus filhos são PERFEITOS .. mas a SUA força, a sua garra, a sua FÉ fazem de você uma mulher PERFEITA.
A minha vontade foi de bater na sua porta e te abraçar, dizer o quão linda você é ..
Você me fez lembrar o quão perfeito é o amr de Deus.

Lendo suas postagens eu quis sair correndo e me cadastrar como doadora, pq assim como o Pedrinho, assim como você, existem muitas mães com seus pequenos dodoóis .. existe muita gente ai por fora precisando do que talvez eu possa oferecer.
é isso o que pretendo fazer, ser doadora, e eu lhe agradeço do fundo da minha alma, agradeço por você ser tão linda, por seu filho ser tão incrível e por Deus ser tão maravilhoso

Eu preciso comentar sobre essa postagem, a ultima .. olha, eu não sou mãe, eu tenho apenas 19 anos ; mas se me permite comentar .. a senhora é uma mãe INCRÍVEL, passou por coisas que mil mães juntas talvez não conseguissem passar como você passou, você foi forte, foi corajosa, foi um porto seguro pro Pedrinho. Eu imagino que deva estar sendo difícil demais pra senhora ver seu filho tendo problemas emocionais, mas não se culpa não, a senhora é linda, é incrível .. isso é normal, isso vai passar ; eu sei que Deus vai te auxiliar e quando você olhar novamente pra situação, Deus já terá resolvido essa questão pra você. Fé, muita fé, pq é dai que a força vem.
Deus tem você guardadinha, bem segura, você e sua família, seu lar, bem seguros nas palmas das maõs D'Ele, NADA vai ficar sem solução.

Muito obg por compartilhar a sua história, eu só peço, não deixa de postar não, pq, não sei quanto as demais pessoas, mas quanto a mim, eu não vou conseguir de deixar de passar aqui pra ter noticias de uma das famílias mais lindas que já vi nesse mundo.

MUITA saúde, paz e fé pra vocês.
Continue assim, linda, pq é daí que Pedrinho tira inspiração pra ser tão perfeito assim.

Fico aqui, na torcida e acompanhando a melhora desse anjinho que papai do céu pois na terra.

Felicidades!!

Dani Lopes disse...

Bem quem sou eu pra dar algum palpite ... mas acho um pouco natural que nesse começo de adaptaçao o Pedrinho se sinta um pouco exlcuido , acho que todo irmaozinho mais velho sente isso no inicio, ate pq o Artur precisa de mais cuidados msm ... e ainda mais no caso de voces que por causa do problema do Pedro tudo girava em torno dele , só dele ...
Nao vejo onde voce possa estar errando , nao se culpe , ele vai se acostumar , isso vai passar !
E voce e uma mae maravilhosa , guerreira , continue pedindo que Deus te ilumine e ele estara sempre com voces ! De mto amor ao Pedro como ja da e calma que isso é adaptaçao ... bjsssss
saude , paz e luz ...

Arte trakinagem Artesanatos disse...

Olá, vi a historia do Pedro, do Artur e toda sua luta na tv hoje... Parabens pelos lindos filhos, que Deus dê a cura para seu filho, creia apenas que sua vitoria já chegou! E vc não é uma pessima mãe, tenha certeza disso, se fosse Deus nao te daria 2 bençãos, sou mae de duas tb. e as vezes me sinto assim, mas qdo penso no que Deus faz por nós me sinto bem melhor, isso é coisa de mãe, filhos e logo passa. Vc é mulher, esposa e mae guerreira isso sim... Parabens e que essa luta tenha um lindo final FELIZ, estarei orando para que tudo dê certo em nome de Jesus...
Grande Beijo Cibelle Amaral

Juliana Aires - Manaus/AM disse...

Minha querida Júlia, não se sinta desse jeito, achando que está falhando com um por causa do outro ou vice-versa... Com o tempo vc e eles irão se acostumar com essa nova fase, principalmente o Pedrinho, vai aprender a dividir os brinquedos, o colo de papai e mamãe, tudo isso é uma fase... Talvez vc se sinta assim, pois vc acabou de ter um bb e nessa etapa nós mães ficamos mais sensíveis, sentimentalistas, fragéis e vem a depressão pós-parto que é normal. Eu lhe falo isso por experiência própria, tenho dois meninos também Yago de 3 anos e Ygor de 1 ano e 7 meses, o Yago sempre foi acostumado a tudo ser pra ele, atenção, carinho, presentes e etc; Depois que Ygor nasceu ele sofreu um pouquinho com ciúmes, da mesma forma pedia colo e eu não podia carregá-lo amamentando o outro, mas isso foi uma etapa que ele teve que aprender saber esperar a vez dele e assim é até hoje... Hoje é tudo tranquilo e sou muito feliz com os dois e meu esposo. E a vc desejo toda a felicidade do mundo e dizer que estou imensamente feliz pela compatibilidade ter sido de 100%! DEUS SEJA LOUVADO! E lembre-se, NÃO DORME E NEM COCHILA AQUELE QUE TE GUARDA! Fiquem com Deus! Tô muito feliz por vcs viu! Bjao ;*

jessica godoi disse...

parabens vc é uma guerreira ki deus derrame benções sobre a sua vida a do pedro a do arthur e de seu marido vi vcs ontem na record ii xorei tanto estou gravida de 8 meses ii quando agente ta gravida tudo passa pela nossa cabeça mas vendo essas lições de vida ii como tem mães com coragem kii lutam pelo seus filhos fiko mi perguntando si vou ter essa mesma força pra enfrentar o mundo pelo meu filho vcs são um exemplo a seguir beijos

Jacque Mendes disse...

vce eh guerreria, e vce vai conseguir conciliar tudo, o Pedrinho vai sair dessa e vai poder brincar com o irmaozinho, eh apenas uma fase que ele ta passando mas ele ja demostrou que eh forte e vai conseguir

Thamyres Dayana disse...

Assistir ao programa da tarde e fiquei muito emocionada com a história do Pedrinho, me colocando no seu lugar de mãe vi que vc é uma guerreira e batalhadora, gostaria de te falar que tenho um filho de 8 meses Luca Emanuel e muito mimoso. Nao se sinta uma péssima mãe n pois vc é uma vencedora, Jesus esta vendo sua luta para com o Pedrinho e é crendo em Jesus que esta cada dia mais próximo a vitória de Pedrinho, foi por isso que ele enviou o irmãozinho Artur para salva-lo. Fiquei muito feliz com o resultado do exame e continuo dizendo vc é uma batalhadora... Beijo no Pedrinho, desejo tdo de bom p ele e muita saúde, e p o Artur a msma coisa. Bjosss

Engenheira disse...

A história do pedrinho está mexendo muito comigo. Acabei de ler um poster do dia 28 de setembro de 2011 e estou em prantos.. Como isso pode acontecer? Como estamos tão sujeitos, suscetíveis a tudo. Somo stão pequenos....meu coração dói em saber como um bebê sofre sintomas tão agressivos. Só pendo nos meus 3 bebês ( 3a, 2a e 6m). Você é muito corajosa e o Pedro muito guerreiro. A alguns meses vi a foto a do Pedro na TV, vi rapidamente , mas ontem vi o Programa da Tarde e aqui estou eu no seu diário. Mando um abração em toda família, oro que o transplante do Arthur para o Pedro seja um sucesso.! mas uma vez um abraço com cheiro do Pará para vocês.

Adrise Silva disse...

É muito complicado pro Pedrinho entender o que esta acontecendo,mas tenho certeza de que quando ele for maior ele vai te admirar muito.
Admiro muito sua FÉ em DEUS,meus parabéns,muitos iram esta revoltados com ELE nesta situação,mas vcs não,e tenha certeza de que tudo na vida tem um proposito e de que vcs ja são vencedores,estou sempre orando pro Pedrinho,desde o dia em que vi a notícia no programa da Ana,e não precisa ter medo porque so pra sua atitude vc sabe cuidar de sua família sim.E o Arthur foi enviado por DEUS pra salvar o Pedrinho.....

bypego disse...

Julia, ler o que escreve nos deixa tão proximos que viramos uma grande familia... você não é apenas boa, você é a mãe que Deus deu para esses lindos... a pessoa a quem ele confiou que faria tudo de melhor e isso você faz muito bem... não se sinta triste e nem incapaz, você uma verdadeira MÃE e tenho certeza que Deus não se arrependeu de ter te escolhido !